top of page

Canela branca

Atualizado: 27 de abr. de 2022

Logo após o povoamento da Madeira muitas plantas foram introduzidas nesta ilha com fins terapêuticos. Em tempos, eram as curandeiras quem dominava o ‘saber’ dos usos e propriedades das plantas medicinais. Hoje, apesar dos avanços da medicina, e do acesso aos cuidados médicos ser mais fácil, muitos madeirenses continuam a confiar no poder terapêutico destas plantas e partilham entre si as suas experiências.




Peperomia congona

Conhecida na Madeira como Canela Branca, e nas ilhas Canárias como Congona ou Canelo, por exalar um aroma que muito se assemelha à canela, esta planta muito provavelmente, foi trazida para a Madeira vinda das Canárias onde havia sido introduzida pelos espanhóis.


Na América do sul, de onde é originária, a Congona é usada para preparar um chá com propriedades calmantes e analgésicas para tratar problemas digestivos e dores de cabeça. Mastigam as folhas suculentas, de sabor agradável, para reduzir o mau hálito e tratar a inflamação das gengivas. O sumo das folhas esmagadas é usado para tratar infeções nos ouvidos e, pelas suas propriedades cicatrizantes, as folhas usam-se em feridas para sarar mais rapidamente.

Nas ilhas Canárias a Congona faz parte das ervas culinárias em especial para dar aroma a sobremesas à base de arroz e leite. Mas é também condimento em pratos de carne, peixe e sopas. Na Madeira o uso da canela branca na culinária é ainda muito reduzido. Usa-se sobretudo como erva de chá para aliviar a má disposição, devido a problemas digestivos, e para parar diarreia.

Não é só o aroma que a canela-branca tem em comum com a canela, algumas das suas propriedades medicinais são também igualadas por esta especiaria. Tal como a canela-branca também o chá de canela preparado por decocção, é muito eficaz para tratar diarreia.


Na Madeira, se alguém estiver doente devido a uma infeção viral, o caldo de galinha com um pau-de-canela é, não só um alimento aconselhado, mas também um remédio para acelerar a recuperação. O pau-de-canela, além de ser um condimento com um grande valor na culinária, sobretudo em sobremesas, tem também benefícios para a saúde. Nas sobremesas a canela ajuda a reduzir a absorção dos açúcares e ajuda a equilibrar os níveis de açúcar no sangue. Nos dias frios de inverno, bebidas como o Glühwein em que a canela é um dos ingredientes, estimulam a circulação, aquecem o corpo e dando uma sensação de conforto.

Contudo, a canela deve ser usada com moderação, não só porque algumas pessoas desenvolvem alergias a esta especiaria, mas também porque a canela tem cumarinas com propriedades anticoagulantes que podem, em excesso, provocar hemorragias. Deve ser consumido com moderação sobretudo pelas pessoas que tomam anticoagulantes.

193 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page